Qual o perfil do cliente de e-commerce de acordo com o PayPal

Antes de colocar sua loja virtual para vender a todo vapor na internet, é fundamental saber qual o perfil do cliente de e-commerce, concorda?

Todo tipo de informação que defina tanto o público-alvo quanto a persona dos consumidores que se relacionam com seu negócio é importante para consolidar suas vendas.

Aliás, neste artigo do passado no Blog da Freela, falamos um pouco sobre como conversar com seu público-alvo na internet, leia para ter mais informações sobre esses recursos.

Mas se o objetivo é conhecer qual o perfil do cliente de e-commerce, nada melhor que ouvir de quem entende do assunto, não é mesmo?

Se você trabalha com comércio virtual, certamente o PayPal dispensa apresentações. Mas, vamos lá, para quem não sabe, a PayPal Holdings, Inc. é uma companhia americana que opera mundialmente um sistema de pagamento online que constitui numa das mais conhecidas alternativas eletrônicas aos métodos tradicionais.

A pesquisa do PayPal

Para definir qual o perfil do cliente de e-commerce, o PayPal realizou uma detalhada pesquisa, em conjunto com a empresa de pesquisa francesa Ipsos.

Com o objetivo de obter um panorama macro desse comportamento, foram ouvidos mais de 34 mil usuários de internet de 31 países diferentes ao redor do mundo.

Os resultados traçam um raio-X extremamente importante sobre os mais variados públicos, seus interesses e o que isso significa para o “desenho” de sua loja virtual.

Selecionamos abaixo alguns dos insights oferecidos pelo estudo.

Aumento no e-commerce nacional

Quando o assunto é discutir o e-commerce no Brasil, geralmente é acompanhado de notícias otimistas, com bons números e perspectivas.

A pesquisa desenvolvida pelo PayPal para definir qual o perfil do cliente de e-commerce mostrou que, atualmente, essas constatações são verdadeiras.

De acordo com a pesquisa, entre 2016 e 2017 o número de compras no e-commerce brasileiro cresceu 21%.

O aumento passou de R$ 137 bi para R$ 166 bi.

Clientes estão comprando mais pelo celular

As compras por smartphone registraram aumento ainda mais relevante no período.

As ordens de aquisição de produtos de e-commerce que partiram de dispositivos móveis passaram de R$ 26 bi para R$ 41 bi, entre 2016 e 2017.

É isso mesmo: no período as compras online via smartphone tiveram um impressionante crescimento de 60%!

Em 2018 o cenário também foi de crescimento. De acordo com a pesquisa, a alta do comércio online como um todo deve ser de 19%; nas compras feitas em smartphone, o aumento deve ser de 36%.

Qual o canal utilizado para o e-commerce

A pesquisa PayPal/Ipsos mostra que os sites nacionais possuem grande relevância no perfil do cliente de e-commerce.

Dos entrevistados, 62% compraram em sites brasileiros, por meio de aplicativos ou do próprio endereço web.

Os marketplaces, tanto em apps quanto sites, foram responsáveis por 16% dos gastos. Os sites estrangeiros também têm participação nessa conta: 13% dos gastos.

Em número menor, mas também relevante, 9% dos gatos online se deram por meio de redes sociais.

Uma outra informação bastante relevante e que pode dizer muito na sua estratégia na loja virtual. Em 2016, 43% dos gastos dos clientes de e-commerce aconteceram durante a Black Friday. Outra data relevante é o Natal, responsável por 43% dos gastos.

Dê um up no seu e-commerce

Agora que você já tem mais informações sobre o perfil do cliente de e-commerce, que tal investir em melhorias nos processos da sua loja virtual?

A Agência Freela possui uma equipe especializada e diversos cases de clientes que aplicaram uma nova estratégia para seu comércio na internet, focado em qualidade e melhor performance.

As vendas online estão crescendo – e muito – no país, é hora de acompanhar essa tendência e aproveitar o que há de melhor em recursos de marketing digital.

Fale conosco agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *